A carregar...

PERFIL

Dados do utilizador

Email do utilizador:
Palavra-passe:
 
Repita a palavra-passe:
Primeiro Nome:
Último Nome:
Data de Nascimento
Sexo: Masculino Feminino

NOVO REGISTO

Dados para login

Email do utilizador*:
Palavra-passe*:
Confirme a Palavra-passe*:

Dados do utilizador

Primeiro Nome*:
Último Nome*:
Data de Nascimento
Sexo*:
Masculino Feminino
Os campos assinalados com * são obrigatórios para efectuar o registo.

Erro 404

O endereço que inseriu não existe.
Verifique se o mesmo está correcto ou utilize o menu para visitar o website.
SOBRE NÓS

O Tryix pretende ser o maior portal de vales de desconto e acções promocionais em Portugal, reunindo acções das marcas nacionais e internacionais para beneficiar os consumidores portugueses e as empresas que operam no território nacional. Pertence à empresa PacSis, especialista em gestão de vales de desconto há mais de 20 anos e líder no seu sector de actividade, com uma quota de mercado acima dos 90%. Este é um dos principais serviços que presta, gerindo vários milhões de vales anualmente para as principais marcas presentes no nosso mercado.

As mais recentes ofertas e soluções digitais de marketing integradas que a PacSis disponibiliza pretendem responder às necessidades do mercado nacional, tais como: vales de desconto online, em parceria com a Coupons.com, líder mundial deste sector, reembolsos digitais, mobile marketing e targeting para marcas.

A PacSis é, paralelamente, responsável pela proposta e implementação de acções com forte impacto nas vendas, testadas ao longo de vários anos de serviços prestados às principais empresas do mercado, tendo como princípios base a simplicidade, o baixo investimento e alta rentabilidade.

WISHLIST
As minhas preferências
Diga-nos os produtos que mais gostaria de ter disponíveis no seu site da poupança!
Produtos, marcas, categorias, etc..
Adicionar
NEWSLETTER
RECEBA A NOSSA NEWSLETTER
Inscrição na newsletter
Concordo com os Termos e Condições e subscrevo a newsletter
AJUDA

01 Tryix é um site desenvolvido pela PacSis com a finalidade de disponibilizar aos consumidores portugueses de uma forma agregada vales de desconto, reembolsos e outras promoções em produtos de Grande Consumo. Através da Impressão destes vales em qualquer impressora, o consumidor tem acesso a poupanças na compra dos seus produtos favoritos.

02 Para imprimir os vales deve clicar no botão ADICIONAR nos vales pretendidos e desta forma adicioná-los ao cesto. Utilize a cruz (x) no descritivo do vale no cesto para remover o mesmo caso não o pretenda imprimir. De seguida siga as instruções e, caso não o tenha feito, faça o login na área adequada. Desta forma terá completo acesso às funcionalidades do site. Para as restantes promoções basta seguir as instruções que lhe são fornecidas em cada uma delas.

03 Este site não implica compra obrigatória.

04 Poderá ainda inscrever-se na newsletter e receber as novidades dos vales de desconto disponíveis.

05 Os vales de desconto têm um nº limitado de impressões e podem esgotar, bem como indicação do prazo de validade e dos locais onde podem ser usados. Toda esta informação vem discriminada no detalhe do vale no site. O vale só pode ser impresso um número limitado de vezes (normalmente uma vez) por consumidor, por isso caso já tenha impresso o vale o número máximo de vezes o mesmo aparecerá com a indicação de Impresso.

06 O Tryix disponibiliza ainda uma Wishlist que lhe permite indicar-nos quais as marcas ou produtos que gostaria de ter no site com vales de desconto disponíveis. Dessa forma podemos ajudá-lo ainda mais na sua poupança.

07 Se quiser partilhar um vale poderá fazê-lo através do botão PARTILHAR tanto via email como por facebook.

08 Indique-nos a sua preferência através do botão GOSTO que se encontra em cada vale.

09 Na secção "Outras Ofertas", o Tryix apenas coloca ao dispor dos Utilizadores um espaço virtual que permite o estabelecimento de uma relação contratual entre os Utilizadores e os Fornecedores, através do reencaminhamento para um Web Site onde poderá ser efectuada a compra e venda de um conteúdo, produto ou serviço. Nesta Secção de "Outras Ofertas", o Tryix não é o proprietário, possuidor ou titular dos produtos ou serviços oferecidos no Web Site para o qual o Utilizador é reencaminhado, nem comercializa os mesmos produtos ou serviços. O Tryix não responde pela existência, qualidade, quantidade ou integridade dos produtos ou serviços oferecidos no Web Site para o qual o Utilizador é reencaminhado, nem pela capacidade dos Fornecedores para vender os artigos ou prestar os serviços anunciados. Cada Fornecedor reconhece e aceita ser o único responsável pela oferta de produtos ou serviços, devendo cada Utilizador dirigir-se directamente ao respectivo Fornecedor para apresentar qualquer reclamação.

COOKIES E POLÍTICA DE PRIVACIDADE


Transparência e escolha
Na PacSis, temos plena consciência da confiança que deposita em nós e da nossa responsabilidade em proteger a sua privacidade.


Cookies e Política de privacidade
A presente Política de privacidade aplica-se a todos os produtos, serviços e Web sites da PacSis, ou de empresas do mesmo Grupo.


Poderemos recolher os seguintes tipos de informação:

  • Dados e informações que nos fornece – Quando subscreve a newsletter da PacSis ou faz o registo no site, solicitamos que nos forneça dados pessoais que são indispensáveis para registo na nossa página, e que autorize a PacSis a enviar e-mails ou SMS para marketing directo e a ceder os dados a terceiros para um mesmo fim e pelos mesmos meios ou por correio. Podemos actualizar ou completar as informações que fornece ao abrigo da sua conta com informações provenientes de outros serviços da PacSis ou de terceiros, para lhe proporcionarmos uma melhor experiência e para melhorarmos a qualidade dos nossos serviços.
  • Cookies – A PacSis utiliza cookies, que envia para o seu computador para melhorar a qualidade do serviço do site, nomeadamente para armazenar as preferências do utilizador, melhorar os resultados de pesquisa e a selecção de promoções, e analisar tendências do utilizador como, por exemplo, métodos de pesquisa.

Caso continue a visita ao nosso site, sem alterar as definições (ver Eliminar cookies), está a aceitar todos os cookies do nosso site.

  • Informação de registo – Sempre que acede aos serviços da PacSis através do registo ou login e mediante a sua prévia aceitação, o nosso servidor guarda automaticamente certas informações. Estes registos do servidor podem incluir informações, como o seu pedido da Web, a sua interacção com um serviço, o tipo de navegador, o idioma do navegador, a data e a hora do pedido e um ou mais cookies que podem  identificar exclusivamente o seu navegador ou a sua conta.
  • Comunicações do utilizador – Quando envia e-mail ou outras comunicações para a PacSis, podemos reter essas comunicações para processar as suas consultas, responder aos seus pedidos e melhorar os nossos serviços.
  • Serviços afiliados da PacSis noutros sites – Alguns dos nossos serviços são disponibilizados noutros Web sites ou através de outros Web sites. As informações pessoais que fornecer nesses sites podem ser enviadas para a PacSis para efeitos da prestação do serviço. Processamos essas informações nos termos da presente Política de privacidade.
  • Aplicações de terceiros – A PacSis pode disponibilizar, mediante a sua prévia aceitação, aplicações de terceiros, como miniaplicações ou extensões, através dos respectivos serviços. Os dados recolhidos pela PacSis, quando activa uma aplicação de terceiros, são processados, quando autorizado, nos termos da presente Política de Privacidade. Os dados recolhidos pelo fornecedor da aplicação de terceiros regem-se pelas respectivas políticas de privacidade e não são da responsabilidade da PacSis, podendo a sua eliminação ser solicitada a esses terceiros.
  • Outros sites – A presente Política de Privacidade aplica-se apenas aos serviços da PacSis. Quando visitar o site da PacSis, que contenha conteúdo integrado de outros sites, poderá receber cookies desses sites. Não controlamos os cookies ou informações recolhidas nos sites apresentados como resultados de pesquisa, mesmo que esses sites incluam aplicações, produtos ou serviços da PacSis, ou links a partir dos nossos vários serviços. Estes outros sites podem colocar os seus próprios cookies ou outros ficheiros no seu computador, recolher dados ou solicitar-lhe informações pessoais, não sendo a PacSis responsável pelo seu processamento, nem lhes sendo possível proceder à sua eliminação.

Utilização e Cedência da Informação - A PacSis, bem como os seus parceiros comerciais e clientes (quando contratualmente autorizados pela PacSis) poderão utilizar os dados pessoais, mediante autorização prévia dos seus titulares, para fins de marketing directo, designadamente:
Realização de estudos e análises de mercado;
Comercialização de produtos e serviços;
Desenvolvimento e ensaio de produtos;
Validação da identidade dos titulares dos dados e redução da fraude;
Apoio nas relações dos e com os clientes;
Planeamento de trabalho e apoio a decisões de gestão e de estratégias de mercado e ainda
Para proceder à correcção, actualização e integração de dados e à actualização e validação de ficheiros.


A informação recolhida poderá ainda ser utilizada para:

  • Disponibilizar, manter, proteger e melhorar os nossos serviços (incluindo promoções e publicidade) e desenvolver novos serviços; e
  • Proteger os direitos  da PacSis ou dos nossos utilizadores.

A PacSis poderá subcontratar o processamento das informações pessoais presentes nos nossos servidores em Portugal ou noutros países da União Europeia (ou em regime de porto seguro).
Todos os dados pessoais que a PacSis recolhe são utilizados em conformidade com a Lei nº 67/98 de 26 de Outubro (Lei de Protecção de Dados Pessoais).
A PacSis está registada na Comissão Nacional de Protecção de Dados sob o número 5223/2013 e é membro da ACEPI - Associação do Comércio Electrónico e Publicidade Interactiva.
Eliminar cookies:
Poderá eliminar os cookies da PacSis.pt, mas lembramos que isso fará com que certas funcionalidades do nosso site não funcionem correctamente. Se ainda assim deseja eliminar os cookies poderá seguir os seguintes passos:


1. Se utiliza Chrome:

  • Clique no menu do Chrome chrome menu na barra de ferramentas do navegador.
  • Seleccione Definições.
  • Clique em Mostrar definições avançadas.
  • Na secção "Privacidade", clique no botão Definições de conteúdo.
  • Pode alterar as seguintes definições de cookies na secção "Cookies":
    • Eliminar cookies
    • Clique em Todos os cookies e dados do site para abrir a caixa de diálogo Cookies e outros dados.
    • Para eliminar todos os cookies, clique em Remover tudo na parte inferior da caixa de diálogo.
    • Para eliminar um cookie específico, coloque o cursor do rato sobre o site que emitiu o cookie e, em seguida, clique no X que aparece no canto direito.

2. Se utiliza Internet Explorer:

  • No Internet Explorer, clique no botão « Ferramentas », e de seguida em “Opções de Internet”.
  • No separador «Geral», em « Histórico de navegação », clique em “Configuração”.
  • Clique em «Ver ficheiros ».
  • Clique na coluna «Nome» para ver os ficheiros por ordem alfabética.
  • Seleccione os cookies que incluam o nome “PacSis” e elimine-os.
  • Feche a janela que contém a lista de ficheiros e clique em «OK».

3. Se utiliza Firefox:

  • No separador «Ferramentas», seleccione o menu «Opções»
  • Nessa janela, seleccione «Privacidade» e clique em «Mostrar cookies»
  • Seleccione os cookies que incluam o nome “PacSis” e elimine-os.

Recolha de Informação
A fim de poder levar a efeito eficazmente diversas transacções comerciais, a PacSis poderá recolher dados pessoais, quer de pessoas individuais, quer de clientes e potenciais clientes através de questionários e do website da PacSis (quando autorizados). Os dados pessoais podem também ser recolhidos quando são solicitadas informações à PacSis ou quando se contratam, adquirem, subscrevem ou registam certos produtos ou serviços, incluindo em demonstrações gratuitas, ofertas especiais ou participação em concursos. A PacSis também poderá utilizar “cookies”, com o consentimento dos utilizadores, para identificar visitantes frequentes, e para recolher dados estatísticos que permitam tornar os websites mais atraentes para os utilizadores.


Segurança das informações
Tomamos medidas de segurança adequadas para a protecção contra o acesso, a alteração, a divulgação e/ou a destruição de dados de forma não autorizada. Procedemos a revisões internas das nossas medidas de segurança e práticas de recolha, armazenamento e processamento de dados, incluindo medidas adequadas de encriptação e segurança física para evitar o acesso não autorizado aos sistemas onde armazenamos dados pessoais.
Limitamos o acesso a informações pessoais aos funcionários, subcontratados, colaboradores e agentes da PacSis que necessitem de conhecer essas informações para as processar em nosso nome. Estas pessoas estão vinculadas por obrigações de confidencialidade e podem ser sujeitas a medidas disciplinares, incluindo rescisão de contrato e processo criminal, caso não cumpram essas obrigações.


Acesso e actualização de informações pessoais
Direitos dos Titulares dos Dados – Aos titulares dos dados são assegurados os direitos de eliminação, acesso e de rectificação relativamente aos dados pessoais que lhes digam respeito, podendo em qualquer altura retirar o seu consentimento à utilização e processamento dos seus dados. Estes direitos podem ser exercidos gratuitamente para a PacSis, Estrada Nacional n.º 6, Lote 107, 1.º Esquerdo, Alfragide, 2610-171 Amadora, ou através do e-mail que consta na página de Contactos do nosso site. A PacSis poderá solicitar confirmação da comunicação junto do titular.


Quando utiliza os serviços da PacSis, empreendemos todos os esforços no sentido de lhe proporcionar acesso às suas informações pessoais e de corrigir os seus dados, se estiverem incorrectos, ou eliminá-los a seu pedido, caso a sua retenção não seja exigida por lei ou para fins comerciais legítimos. Pedimos aos utilizadores individuais que se identifiquem a si e às informações relativamente às quais solicitam acesso, correcção ou remoção antes de processarmos esses pedidos. Devido à forma como mantemos determinados serviços, depois de eliminar as suas informações as cópias residuais podem demorar um determinado período de tempo a serem eliminadas dos nossos servidores activos. A PacSis revê regularmente a conformidade com a presente Política de Privacidade e Cookies. Quando a PacSis recebe reclamações formais por escrito, é política da empresa contactar o utilizador reclamante relativamente às suas questões. A PacSis colabora com as autoridades reguladoras apropriadas, incluindo autoridades locais para a protecção de dados, para resolver qualquer reclamação relativa à transmissão de dados pessoais que não possa ser resolvida entre a PacSis e o titular.

CONTACTOS
PacSis Sistemas de Promoção e Marketing Lda.

Estrada Nacional 6, Lote 107
Edifício Firmo, 1º Esq, Alfragide
2610-171 Amadora

Apoio cliente: apoio.cliente@tryix.com

Site: www.tryix.pt

Depois do Natal e da passagem de ano é tempo de perder aquelas gramas a mais que se acumularam no corpo de uma forma saudável. Deixamos oito dicas que pode experimentar nesse sentido!

1. Faça as refeições à hora certa

O jejum prolongado pode gerar dores no estômago, mau humor e hipoglicemia. Além disso, pode fazer com que o metabolismo fique mais lento, o que não é nada bom para quem deseja emagrecer, pois um metabolismo lento significa menos dispêndio de calorias.

Fazer as refeições à hora certa, e fracionar a alimentação 6 vezes ao dia, favorece a digestão e aumenta a velocidade do metabolismo. Além disso, melhora a sua disposição, e permite-lhe realizar as suas tarefas diárias de maneira mais eficiente.

2. Invista em sessões de Acupuntura

Destine uma parte do seu salário para pagar despesas relacionadas com cuidados com a sua saúde. Não veja estas despesas como um gasto, mas sim como investimento que trará um retorno positivo. Por exemplo, procure um bom profissional de Acupuntura e comece a fazer sessões semanais. Estudos já comprovaram que a Acupuntura favorece o processo de emagrecimento. A Acupuntura não o faz emagrecer diretamente, mas coloca o seu organismo em condições de emagrecer de maneira saudável, assim, os efeitos da sua dieta e da sua rotina de exercícios serão muito mais positivos. Além disso, a Acupuntura é excelente para controlar a ansiedade e o apetite.

3. Pratique Ioga

A prática de Ioga favorece uma melhor perceção do próprio corpo, assim, a pessoa consegue perceber melhor a necessidades do próprio organismo, e isso é excelente para quem deseja emagrecer. Uma pesquisa realizada pelo “Journal Of the American Dietetic Association” demonstrou que pessoas que praticam ioga têm uma tendência a ter um IMC (índice de Massa Corporal) menor do que as pessoas que não praticam. Quem pratica Ioga sabe quando o seu organismo está realmente a precisar de alimento e, dessa forma, come quando está com fome, e percebe claramente quando está satisfeita.

4. Tire a televisão do seu quarto

Algumas pesquisas recentes comprovaram que a televisão no quarto faz com que as pessoas fiquem mais tempo à frente do aparelho e aumente o número de vezes que essas pessoas comem enquanto assistem aos seus programas favoritos. As pessoas que têm TV no quarto acabam assim por comer mais e acumular mais gordura no corpo.

5. Durma bem

Um estudo publicado em 2013 por investigadores norte-americanos demonstrou que dormir pouco faz com que a pessoa fique mais propensa a consumir alimentos gordurosos. A falta de sono também provoca cansaço, e uma pessoa cansada não consegue realizar bem as suas tarefas diárias, e muito menos tem ânimo para praticar exercícios físicos, e como sabemos, o exercício é essencial para quem deseja e precisa emagrecer.

6. Não consuma proteínas em excesso

As proteínas são muito importantes para o bom funcionamento do organismo, e ajudam no processo de emagrecimento, já que aumentam a sensação de saciedade. No entanto, em exagero as proteínas encurtam a vida. Além disso, alimentos muito ricos em proteínas, como carne vermelha, queijos e ovos, têm muita gordura saturada, e podem aumentar os níveis de LDL (colesterol mau) no sangue. O excesso de proteínas pode levar também à sobrecarga renal, o que aumenta os riscos de insuficiência renal.

7. Pratique exercício físico com frequência

A prática de exercício físico é importante para qualquer pessoa, especialmente para quem deseja perder peso com saúde. Para começar não precisa de ficar horas no ginásio. Comece por fazer 30 minutos de caminhada 3 vezes por semana. Quando já tiver ganho mais condição física, aumente o tempo e a frequência do exercício.

8. Coma em pratos mais pequenos

Pode parecer uma brincadeira, mas uma pesquisa realizada pela Universidade da Pensilvânia demonstrou que o tamanho do prato interfere na quantidade de alimento que uma pessoa consome. Foi demonstrado que, quanto maior o prato, maior a quantidade de comida que a pessoa ingere. Fracione a sua alimentação, coma 6 vezes ao dia, e ao almoço e ao jantar, escolha um prato mais pequeno.

Fonte: EmagrecimentoUrgente.com

Apesar do combustível estar mais barato pelo preço do petróleo, para quem anda todos os dias de carro não deixa de pesar na fatura no final do mês. Deixamos-lhe 12 dicas para poupar combustível:

1. Compare preços

O preço do combustível hoje poderá não ser o mesmo amanhã e talvez o posto de abastecimento ao lado do escritório oferece preços mais baratos do que aquele ao pé de casa. Esteja atento, anotando as várias ofertas disponíveis, para fazer sempre uma escolha económica. Em Portugal, descubra em que postos pode abastecer o seu carro por menos Euros, bastando para isso consultar o site Mais Gasolina.

2. Cheio, por favor!

Sempre que vá abastecer, ateste o depósito de combustível. Com as deslocações extra ao posto, vai acabar por gastar mais dinheiro se tentar abastecer pouco de cada vez. Aliás, vai poupar tempo e dinheiro. Pare de abastecer mal tenha a indicação de que o tanque está cheio – não vale a pena tentar colocar mais umas gotas se já foi avisado que está cheio! Essas gotas vão acabar por sair por fora e você pagou-as. No final de cada abastecimento, certifique-se que a tampa do depósito esteja firmemente enroscada e nunca danificada – se não estiver, é a melhor forma de o combustível se evaporar!

3. Abasteça pela fresca

A melhor altura do dia para abastecer o seu automóvel é de manhã cedo ou à noite, ou seja, nos períodos mais frescos do dia. Isto porque a gasolina está mais densa nesta altura e, como a gasolina é paga ao litro, comprará mais por menos.

4. Conduza devagar

A condução a altas velocidades também faz com que o combustível desapareça a olhos vistos. Para além de ser melhor para o ambiente e para o seu nível de stress, conduzir devagar vai permitir que abra menos vezes a carteira. Quer uma ajuda extra? Se o seu veículo vier equipado com cruise control, utilize-o! Esta condução automática pensada principalmente para as autoestradas é bastante mais económica do que a condução humana.

5. Carro para toda a obra

Antes de sair para ir ao supermercado, por exemplo, pense em todos os outros sítios aos quais possivelmente terá que se deslocar mais tarde ou nos próximos dias – lavandaria, banco, florista, casa da mãe – e faça tudo de uma só vez, seguindo a rota mais direta, claro está!

6. Manutenção em dia

Um carro em perfeita saúde, é um carro que vai ter uma performance mais eficaz e com consumos normais. Para garantir isso, siga estas recomendações básicas: verificar periodicamente a pressão dos pneus, o óleo, os filtros de ar, o alinhamento da direção, o motor… Ah, e faça uma limpeza geral à viatura e à mala, retirando objetos pesados e desnecessários – um carro mais leve, é um carro menos consumista.

7. Ar condicionado q.b

Quando o calor realmente aperta, claro que sabe bem fechar os vidros do carro e ligar o ar condicionado. Fora disso, utilize o bom senso e não passe cada viajem a ligar e a desligar o AC, a pôr mais fresco, só para cinco minutos depois aumentar a temperatura – o objetivo é poupar combustível, não gastá-lo!

8. Sempre desligado

Compensa sempre desligar o carro – enquanto espera por alguém ou vai levantar dinheiro, nas filas de trânsito e até num semáforo demorado ou numa passagem de nível. É um hábito (económico!) a adquirir!

9. Sombra Vs Sol

Se estacionar ao ar livre, prefira sempre os locais com sombra. Isto porque um carro estacionado ao sol, seja no Verão, seja no Inverno, favorece a evaporação da gasolina. Para além disso, não vai precisar de ligar o ar condicionado quando voltar ao carro. Se não tiver alternativa senão estacionar ao sol, certifique-se que o depósito de combustível não esteja voltado na direção do sol.

10. Estude as suas rotas

Há sempre mais do que uma maneira de chegar ao mesmo sítio. Utilize o computador de bordo (ou o método tradicional de anotar os quilómetros depois de atestar o depósito) para medir consumos e escolher os percursos mais económicos. No entanto, evite todas as estradas não alcatroadas e/ou de difícil acesso – estradas em terra ou de cascalho podem aumentar o consumo de combustível até 30%!

11. Troque de carro

Neste campo, existem várias formas de economizar: venda um dos carros da família; troque um carro a gasolina por um a gasóleo; se vai comprar, considere adquirir um automóvel mais pequeno, um híbrido, um carro que funcione a GPL ou, porque não, uma scooter?

12. Deixe o carro na garagem

Nos dias que correm, a melhor forma de poupar nos combustíveis é, sem dúvida, deixar o carro em casa. Vá a pé, de bicicleta, de transportes públicos ou combine boleias coletivas com amigos e colegas de trabalho. O carpooling – onde várias pessoas partilham o mesmo automóvel – está-se a tornar cada vez mais procurado. É só pesquisar online, vai ver que é uma excelente alternativa!

Fonte: Saber Poupar

O inverno torna-se mais rigoroso e ligam-se os aquecedores lá em casa. O consumo energético aumenta e a fatura também. Como poupar então?

  1. Opte por equipamentos de climatização de classe eficiente, isto é, classe A ou classe B;
  2. Se está a pensar instalar uma lareira, opte por lareiras que sejam possíveis de fechar e com recuperador de calor;
  3. Se já possuir lareira, use sempre madeira seca ou pellets;
  4. De dia maximize a entrada de luz em toda a casa;
  5. De noite feche cortinas e persianas;
  6. Use janelas eficientes, com vidro duplo, corte térmico e vidro eficiente. Caso não seja possível, coloque portadas com estores exteriores;
  7. Não ligue o aquecimento com as janelas abertas, nem nas divisões da casa que não estão ocupadas;
  8. Mantenha a temperatura a 20ºC – é a suficiente para garantir um ambiente confortável;
  9. Sempre que sair de casa por umas horas, desligue o aquecimento ou reduza a temperatura para 15ºC (modo ECO);
  10. Não cubra os aparelhos de aquecimento com roupa ou qualquer outro objeto;
  11. Isole portas e janelas, utilizando materiais como silicone, massa ou fitas isolantes;
  12. Substitua os aquecedores elétricos em fim de vida por bombas de calor e poupe o consumo de eletricidade até 80%.

Fonte: EDP e Eureduzo.pt

A beleza não tem preço mas a maquilhagem sim. Deixamos aqui dicas para poupar alguns euros e tirar o máximo partido da sua maquilhagem:

  1. Recupere um batom partido - Aqueça as duas pontas com uma chama do fogão ou isqueiro até amolecerem. Com jeitinho, junte-as para que colem e leve um pouco ao congelador para fixar;
  2. Economize o seu batom - Use um pincel para chegar ao fundo da embalagem e aproveite o resto do seu batom favorito;
  3. Economize o seu primer - Enrole pedras de gelo numa toalha fina e passe em todo o rosto. Ou, então, mergulhe o rosto num recipiente com água e cubos de gelo antes de se maquilhar. O truque é ótimo para fechar os poros e diminuir a oleosidade da pele para receber a makeup;
  4. Faça as últimas gotas da base render - Se a base estiver a acabar, coloque o que sobrou do produto na mão e misture creme hidratante (um terço da quantidade) para render;
  5. Economize a sua base - O segredo para a base durar mais é aplicá-la com pincel. Assim, consegue uma cobertura homogénea e evita o desperdício do produto nas mãos;
  6. Recupere a máscara seca - Deite um pouco de água quente no tubo, gire a escova para misturar e aproveite até ao fim;
  7. Evite o desperdício de máscara de pestanas - Economizar rímel é fácil: passe pó compacto nas pestanas para dar volume antes da máscara;
  8. Tenha a ponta dos lápis sempre firme - Para evitar que a ponta dos lápis se parta ao apontar, coloque-a no congelador uns segundos antes da utilização;
  9. Use o gloss para outras finalidades - Na falta de iluminador, aplique um pouco de gloss no canto externo dos olhos (muito pouco e com cuidado) e nas bochechas;
  10. Substitua o batom nude - O batom nude mate (com efeito seco) pode ser substituído por sombra coral opaca ou corretor nos lábios;
  11. Use o batom como blush - Se o blush acabou, aplique batom em alguns pontos das bochechas e espalhe bem;
  12. Aposte nas alternativas - Se não tiver desmaquilhante em casa use champô neutro indicado para cabelo de bebé. Não agride os olhos e remove toda a maquilhagem.

Fonte: The Fashion Adviser.com

Castigo ou diversão, as compras do supermercado têm um grande impacto na gestão eficiente do seu orçamento mensal. Deixamos-lhe 10 dicas que podem ajudar:

  1. Não compre artigos perecíveis como frutas e legumes em grandes quantidades, embora possa parecer um bom negócio grande parte terminará no lixo;
  2. Evite comprar muitas caixas de cereais porque, uma vez abertos, podem rapidamente perder o seu sabor e consistência;
  3. Evite encher o congelador com alimentos congelados – após alguns meses, começam a ganhar a designada “queimadura de congelador”;
  4. Evite encher o carrinho de compras com frascos e mais frascos de especiarias, uns meros 6 meses depois já começam a perder a intensidade do seu sabor, ou seja, exatamente aquilo que nelas procuramos;
  5. Compre frutas e legumes exclusivamente durante a sua época natural;
  6. Faça sempre uma lista do que vai comprar;
  7. Na lista de compras, anote apenas produtos que realmente precise e tente sempre segui-la;
  8. Na lista, coloque os produtos por "grupos ou setores de mercadorias", assim evitará passear no supermercado perdendo tempo e caindo em tentações desnecessárias;
  9. Vá ao supermercado fora das horas das refeições, pois há uma tendência natural para despender mais dinheiro em produtos alimentares que não necessita quando tem fome;
  10. Não faça compras no “dia de pagamento”. As pessoas têm a tentação para extravagâncias quando vão às compras no "dia do pagamento" ou nos dias imediatos ao "recebimento de dinheiro".

Fonte: Crédito Responsável.com

Evite comer “lixo alimentar”

O guia da Direção Geral da Saúde sublinha que, apesar de não existirem proibições, “é aconselhável restringir o consumo de alimentos com uma elevada quantidade de gordura e/ou açúcar”. Evite ou deixe apenas para dias de festa as tentações com um elevado valor energético (calórico) e baixo valor nutricional: refrigerantes, salgados, batatas fritas, bolos, folhados, entre outros.

Faça as contas:

Ao trocar bolos e bolachas por ‘snacks’ saudáveis como legumes crus (cenouras em palitos ou tomate cereja), frutos secos e bolachas sem creme ou açúcar, poderá poupar até 10 euros por mês.

Comece o dia com um pequeno-almoço “bom e barato”

A regra é conhecida e obrigatória tanto para crianças como para adultos: nunca sair de casa sem tomar o pequeno-almoço, um ritual importante para ter energia para enfrentar o dia na escola ou no trabalho. E lembre-se: a poupança de tempo que pensa estar a fazer ao sair de casa em jejum, será depois agravada ao pagar mais por uma refeição mais cara e mais calórica. Descubra também como fazer refeições por menos de 1,25 euros.

Faça as contas:

Opção saudável – 250 ml de leite meio gordo + 1 pão com manteiga = 0,30€

Ao fim de um mês – 9€

Opção menos saudável – Meia de leite (100ml de leite) + 1 bolo = 1,75€

Ao fim de um mês – 52,5€

Prepare opções saudáveis para as refeições na escola (e no trabalho)

Se já tem por hábito preparar a mochila dos seus filhos com lanches saudáveis para meio da manhã e para a tarde, porque não passar a fazê-lo também para si? As marmitas estão na moda e certamente encontrará companhia no escritório para desfrutar os seus almoços e lanches trazidos de casa. De acordo com o guia, “um lanche constituído por produtos açucarados e ricos em gordura pode custar mais do dobro de uma merenda nutricionalmente adequada”.

Faça as contas:

Lanche saudável: 1 pacote de leite meio gordo simples + 1 pão de mistura com fiambre = 0,44€

Lanche não saudável: 1 refrigerante + 1 bolo = 0,95€

Promova a sopa e a fruta a rainhas da refeição

A sopa é um dos alimentos mais ricos em nutrientes e mais pobres em calorias, sendo também um dos mais económicos de preparar. A fruta, por seu lado, é uma excelente sobremesa, ou ‘snack’ entre refeições. A dose diária recomendada passa pelo consumo de sopa no início das refeições principais e três peças de fruta. Prefira sempre os produtos da época e tenha atenção ao custo acrescido dos hortícolas congelados e pré-preparados.

Faça as contas:

Sopa (almoço e jantar) = 0,32€

Pera = 0,35€

Banana = 0,15€

Laranja = 0,39€

Total = 1,21€

Legumes frescos vs congelados/embalados

Cenoura fresca (1kg) – 0,79€ vs Cenoura baby ultracongelada (750 gr.) – 1,11€

Alface (475gr.) – 1,42€ vs Alface embalada (300gr.) – 2,29€

Alimentação saudável com a dieta mediterrânica

Praticada em Portugal desde tempos longínquos, a dieta mediterrânica foi já considerada como um dos padrões alimentares mais saudáveis do mundo: “Uma cozinha simples onde predominavam as sopas, os ensopados e as caldeiradas, reservando para os dias de festa uma culinária mais rica e elaborada assim como iguarias mais caras e também mais ricas em açúcar, gordura e calorias”, refere o guia.

Faça as contas:

Proteínas

Se reduzir o consumo de carne e optar por leguminosas ou soja, e se consumir peixes como sardinha, cavala, carapau ou peixe-gato, em vez de salmão, poderá poupar até 45 euros por mês. Fique a saber também que é mais barato comprar um frango ou um peixe inteiros, em vez de por partes ou às postas. Evite comprar fiambre e outros produtos de charcutaria já fatiados e embalados. Peça para fatiar ao balcão.

Hidratos de carbono

Basta uma mudança nos hábitos alimentares (arroz e massa integrais, pão do dia em vez de pão de forma embalado, flocos de aveia em vez de cereais de pequeno-almoço), para poupar cerca de 10 euros por mês. Prefira arroz e massa “simples” – 1 kg de arroz Basmati (2,29€) custa mais do dobro do que 1kg de arroz agulha (1,08€).

Leite e derivados

Compre embalagens maiores (1lt ou 1,5lt), porque são mais baratas do que os pacotes individuais (200ml). Os iogurtes facilitam a absorção do cálcio, mas são mais caros, por isso compre ‘packs’ com maior quantidade. Evite comprar queijo já fatiado e embalado. Se comprar inteiro ou já fatiado ao balcão pode poupar cerca de 2 euros por quilo.

Exemplo:

Leite UHT Meio Gordo (1lt) – 0,52€

Leite UHT Meio Gordo (3×200 ml) – 0,72€

Queijo Flamengo Barra (250gr.) – 1,25€

Queijo Flamengo Fatias (275gr.) – 1,99€

Escolha a água como bebida de eleição

Tem sede? Beba água, sempre, de preferência cerca de 1,5 a dois litros por dia. “A ingestão de água deve ser regular ao longo do dia, em pequenas quantidades de cada vez e frequentemente”, recomenda o manual da Direção Geral de Saúde.

Faça as contas:

Se trocar água engarrafada por água da torneira e ‘ice tea’ pré-preparado por chá frio feito com saquetas de chá e sem açúcar adicionado irá poupar cerca de 25 euros por mês.

Fonte: Saldo Positivo CGD.

Na Cozinha:

  • Utilize sempre as máquinas de lavar loiça e roupa com a carga completa;
  • Não passe a loiça por água antes de a colocar na máquina de lavar;
  • Se lavar a loiça à mão não o faça com a água a correr, nem lave peça a peça. Junte-a e lave-a uma ou duas vezes por dia, com uma quantidade mínima necessária de detergente.

Na Casa de Banho:

  • Prefira os duches ao banho de imersão. Enquanto se ensaboa não deixe a água a correr;
  • Na casa de banho, utilize um autoclismo de dupla descarga ou coloque no seu interior uma garrafa de água com areia, para evitar enchê-lo. Verá que reduz a quantidade de água em cada descarga;
  • Use um copo enquanto lava os dentes e feche a torneira enquanto se barbeia.

No Jardim:

  • Ao lavar o carro, substitua a mangueira por uma esponja e um balde;
  • Regue as plantas / jardim ao início ou final do dia, pois nas horas de calor ao evaporar gasta mais água.

Outras dicas:

  • Instale um misturador de água quente e fria nas torneiras. Evita desperdícios de água;
  • Se um cano rebentar, chame, de imediato, um canalizador;
  • Não deixe as torneiras a pingar;
  • Tenha em atenção eventuais fugas nos autoclismos e torneiras;
  • Faça leituras regulares ao contador;
  • Se detetar uma fuga de água na via pública (rua ou jardim) avise de imediato o prestador de serviços de água da sua zona residencial.

Fonte: SMAS Vila Franca de Xira.

Vá ao supermercado apenas uma vez por semana

Uma forma de controlar os gastos com a alimentação passa por planificar as idas aos super e hipermercados. Idealmente deverá ir apenas uma vez por semana. E para evitar trazer mais produtos do que precisa deverá ir munido de uma lista com todos os bens que necessita para confecionar as refeições durante toda a semana. Desta forma, será mais fácil não ceder à tentação de colocar mais produtos no carrinho do que aqueles que tinha previsto.

Não desperdice comida

Quem nunca deitou para o lixo um pedaço de pão duro? Quase todas as pessoas já o fizeram. Mas da próxima vez que deparar-se com uma carcaça dura pense duas vezes antes de deitá-la fora, porque tudo pode ter um aproveitamento. Joana Roque, blogger e autora de três livros de culinária (“Feito em casa”; “Cozinhar, Celebrar e Partilhar” e “O que faço hoje para jantar?”) explica como se faz: “Nunca desperdiço comida. Tudo é aproveitado para uma refeição. Por exemplo: cá em casa somos apenas duas pessoas, por isso quando faço carne assada fico com carne para várias refeições. Mas em vez de estar três dias a comer o mesmo prato, pico a carne e dali posso fazer croquetes, um empadão ou uma lasanha. Ou seja, o mesmo prato serve para confecionar uma infinidade de refeições. E como a carne já está cozinhada, perdemos menos tempo a fazer os restantes pratos”, explica Joana Roque. Com o pão é igual. “O pão pode estar rijo, mas aproveito-o para fazer pão ralado, ou uma açorda ou ainda um pudim de pão”.

Opte pela comida de um tacho só

Imagine que tem apenas três febras em casa para alimentar quatro pessoas. Se as cozinhasse de forma individual não dava para todos. Mas se optar por partir aos bocadinhos as febras para fazer um arroz de carne e juntar-lhe cenoura e outros legumes, fica com uma refeição que dá para as quatro pessoas. “Possivelmente ainda sobrará comida para levar no dia seguinte para o trabalho numa marmita”, afirma a escritora e blogger.

Leve marmita para o trabalho

O ritual de levar a marmita para o trabalho regressou aos hábitos dos portugueses. Tal não significa que tenha de eliminar por completo as refeições fora, mas se optar por levar as suas próprias refeições para o seu local de trabalho duas ou três vezes por semana, verá a diferença ao final do mês na sua carteira. Ao mesmo tempo esta é também uma forma de controlar a sua boa forma já que não cairá tão facilmente na tentação de comer petiscos ou guloseimas.

Evite as refeições pré-congeladas

Muitas vezes, as pessoas compram estas refeições pré-congeladas porque estas permitem poupar tempo. Mas a blogger e autora de livros de culinária Joana Roque diz que não há razão para tal: se as pessoas planificarem as suas ementas podem, por exemplo, fazer comida a mais e congelar, para desta forma ter sempre comida praticamente pronta a comer e não ter de ceder à tentação de comprar comida pré-congelada.

Opte por comprar fruta e legumes da época

Na sua alimentação e confeção de refeições privilegie as frutas e os legumes da época, pois estará a poupar alguns euros. Além disso estes produtos são, em regra, mais saborosos nestas alturas do que quando consumidos fora da sua época típica. Para rentabilizar a fruta da época poderá, por exemplo, confecionar compotas para o ano inteiro e que poderão funcionar também como um presente para oferecer a familiares e amigos.

Leia e pesquise sobre o tema

Se lhe falta imaginação sobre como pode fazer refeições para a sua família sem gastar muito dinheiro consulte a internet. Existem muitos blogues de culinária, portugueses e estrangeiros, que se mostram sensíveis aos efeitos da crise e ensinam a confecionar refeições para toda a família por poucos euros.

Fonte: Saldo Positivo e Sapo Lifestyle.

Chega o Natal e chegam mais despesas, mas há sempre formas de poupar nesta época festiva.

1. Faça o orçamento natalício

O ponto de partida é o orçamento natalício: decida a quem pretende oferecer prendas e, sobretudo, quanto é que pode gastar. Depois é só cumprir criteriosamente os objetivos traçados.

2. Quanto mais cedo, melhor

O tempo pode ser o seu melhor aliado, pois quanto mais cedo começar as suas compras, menor será a pressão sobre os seus ombros. Muitas vezes o presente perfeito não é o mais caro, mas sim o mais difícil de encontrar. Quanto mais espaço temporal tiver para as compras, menos dinheiro irá gastar, pois tem tempo de sobra para escolher o melhor e mais em conta.

3. Troca de presentes

Mais conhecido como o “amigo secreto”, a melhor forma de se escapar a oferecer presentes a quase todos os seus amigos é organizar um jantar de Natal, com troca de presentes. Cada participante tira um papel com o nome de outro participante e depois compra um presente para essa pessoa. A prenda pode ainda ter um limite de valor. Esta técnica funciona muito bem com os colegas de trabalho, da escola ou até mesmo em família, caso o orçamento seja apertado.

4. Aproveitar campanhas

O Natal sempre foi a altura por excelência para o comércio. Mas em altura de crise, até os comerciantes necessitam encontrar técnicas alternativas para incentivar as vendas, por isso são muitas as lojas que mantém campanhas com descontos durante esta época. Aproveite-as. Quer sejam descontos em lojas de roupa, telecomunicações ou beleza, vale a pena perder algum tempo a procurar o negócio certo para comprar os presentes certos ao melhor preço.

5. Vá aos outlet online

Quer seja por vaidade ou por necessidade, quase todas as pessoas gostam de receber uma peça de roupa no Natal. Agora já pode ir às compras de roupa na internet e com descontos. Como? Basta procurar o site da sua loja preferida e descobrir se utilizam a plataforma online para escoar produtos de estações anteriores. Basta procurar a secção “outlet” ou “promoções”.

6. Faça você mesmo

Numa época em que muitos portugueses metem as mãos à obra para ganhar mais uns trocos por mês e aprendem a arte do bricolage, da costura, jardinagem ou da cozinha, o Natal pode ser a altura por excelência para meter esses conhecimentos em prática. Pode ter a certeza que um presente feito à mão terá muito mais impacto do que um escolhido à pressa e que pode ter sido bem mais caro. Arranjos florais, compotas gourmet, agendas ou molduras são algumas ideias.

7. Compare preços

Talvez nunca tenha pensado nisso, mas a internet poderá ser o seu maior aliado se pretende poupar na compra de presentes. Além de lhe permitir pesquisar todos os presentes possíveis e imaginários, há sites que apenas fazem comparações de preços, como sejam o Kuanto Kusta e o Izideal. Ou seja, se já sabe que pretende comprar um telemóvel de determinada marca e modelo, pesquise nestes sites e consegue identificar a loja online que pratica os preços mais baixos para um mesmo produto.

Fonte: Saldo Positivo

Lista de Vales
DESCONTOS DISPONÍVEIS: €120 Comece já a poupar!

O Tryix tem um total de €120 em vales de desconto para si.

De momento já imprimiu todos os seu vales ou os mesmos já não se encontram disponíveis. Esteja atento aos novos vales que teremos brevemente para si ou registe-se na newsletter para receber as novidades.
Adicione vales à sua lista!
Imprimir Vales | 0
Lista de Vales
Total de poupança:
0,00€
 
Ainda pode poupar X,XX€
Imprimir Vales

O seu cesto foi actualizado.

CONTINUAR

Vamos precisar de dados seus para imprimir.

Se fizer o registo e/ou login poderá imprimir e ter acesso imediato a todas as funcionalidades.

Continuar mesmo assim?

CONTINUAR

Todos os vales seleccionados no seu cesto necessitam de Login.

Para imprimir por favor faça Login ou registe-se

Vai às compras? Antes de sair imprima
os seus vales
GRATUITAMENTE
Já poupei
Já Partilhei
x
VALE €X
Detalhes
Lojas aderentes:
Validade:
Condições: